calada…escutando

Ele bem me dizia que Vinicius tem um poema para cada um de nós…para cada momento.

Acontecimento

“Haverá na face de todos um profundo assombro
E na face de alguns, risos sutis cheios de reserva
Muitos se reunirão em lugares desertos
E falarão em voz baixa em novos possíveis milagres
Como se o milagre tivesse realmente se realizado
Muitos sentirão alegria
Porque deles é o primeiro milagre
Muitos sentirão inveja
E darão o óbolo do fariseu com ares humildes
Muitos não compreenderão
Porque suas inteligências vão somente até os processos
E já existem nos processos tantas dificuldades…
Alguns verão e julgarão com a alma
Outros verão e julgarão com a alma que eles não têm
Ouvirão apenas dizer…
Será belo e será ridículo
Haverá quem mude como os ventos
E haverá quem permaneça na pureza dos rochedos.
No meio de todos eu ouvirei calado e atento, comovido e risonho
Escutando verdades e mentiras
Mas não dizendo nada.
Só a alegria de alguns compreenderem bastará
Porque tudo aconteceu para que eles compreendessem
Que as águas mais turvas contêm às vezes as pérolas mais belas.”
in Poesia completa e prosa: “Poesias coligidas”

eu não diria melhor 😀

Advertisements

4 Responses to “calada…escutando”


  1. 1 João Lima November 21, 2007 at 5:26 pm

    As palavras são sempre mágica em Vinicius… Sempre.

  2. 2 Inês Afonso November 22, 2007 at 10:10 am

    …eu também não diria melhor!

  3. 3 RicardoC November 22, 2007 at 11:01 am

    Se calhar, o meu melhor comentário é continuar a reflectir nas palavras de quem sabe e abster-me de estragar o momento com as minhas…

    RC

  4. 4 Vânia Coutinho November 22, 2007 at 4:15 pm

    Este remate…

    “No meio de todos eu ouvirei calado e atento, comovido e risonho
    Escutando verdades e mentiras
    Mas não dizendo nada.
    Só a alegria de alguns compreenderem bastará
    Porque tudo aconteceu para que eles compreendessem
    Que as águas mais turvas contêm às vezes as pérolas mais belas.”

    … está simplesmente fantástico. Este poema reflecte em muito as águas turvas que caracterizam o ser humano e as relações que este estabelece. No entanto, creio que, neste caso, as águas turvas não contêm apenas as pérolas mais belas… Mas são elas que realmente importam, não é verdade? E como alguém costuma dizer “só o que é importante importa”.

    Com um sorriso,
    Vânia


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




parte do meu mundo

del.icio.us


%d bloggers like this: