Poesia..nao é hábito. Quem me conhece sabe disso. Mas fui desafia a ler e ouvir. Gostei.

Aqui encontrei verdadeiros tesouros. Obrigada Polo.

Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser uma ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso…
Mas sê o melhor no que quer que sejas.

Poema Sê- Pablo Neruda

Vale a pena ouvir!

Advertisements

1 Response to “Sê”


  1. 1 José Paulo Santos April 2, 2007 at 9:58 pm

    Olá, Olga

    agradeço muito a tua referência ao blogue Interact Podcast, mas sobretudo, por teres apreciado o poema de Pablo Neruda, que há muito me acompanha!

    Aconselho-te vivamente que percorras a obra poética de Pablo… Encontrarás verdadeiros tesouros, acredita!

    Que a Poesia esteja contigo… 😉

    JPS


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




parte do meu mundo

del.icio.us


%d bloggers like this: